Archive for category Pensamentos soltos

Bem acompanhada

Bem acompanhada

Um friozinho gostoso debaixo do edredom acompanhada dos meus dois amores…
Só faltava um chocolate quente, pena que estou de dieta. rss

Advertisements

Leave a comment

Eclesiastes 3 …

Eclesiastes 3
Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Amo esse capítulo de Eclesiastes pois me identifico bastante.

Lembro-me que quando era criança eu ficava em minha cama tentando dormir e me perguntava sobre coisas que ninguém nunca soube me responder, por que eu nasci, por que de tudo isso e de todas essas coisas. Não conseguia compreender a causa da VIDA. O motivo da existência, e das razões de estarmos aqui. Em minha inocência filosofava princípios indagados até hoje por grandes nomes, como “Quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha” rss. A questão é que muitos passam a vida sem se importar de onde veio e pra onde vai, não conversam consigo mesmos. Vivem presos na realidade que é inócua, uma realidade duvidosa, pois será que a realidade que conhecemos é essa mesmo, ou aqui é só uma preparação para uma realidade que nem sequer imaginamos. Lembro-me de coisas que só eu sei, lembro do momento em que meus pensamentos começaram a ser formado, onde minha consciência começou a se manifestar, e me lembro que desde muito nova, muito nova mesmo eu já era propensa as coisas certas, evitava o quanto podia a desobediência, não que nunca não a tenha cometido, quem foi criança sabe que é impossível vez ou outra não provar desse pão. rss. Hoje sou mãe, e me vejo refletido em meus filhos, coisas que eu fazia, vejo se repetindo como um dejavir, só que com meus filhos, é impressionante como acontece, a diferença é que hoje eu tenho experiência para responder algumas das perguntas e sensibilidade para entender. O tempo que se repete de formas diferentes, eu nasci, eu vou morrer…. e aí em outra realidade o que será?

Leave a comment

Palavras…

Read the rest of this entry »

Leave a comment

Bolo de Banana

Hoje faz um friozinho daqueles, junto com a família em casa em baixo das cobertas só pensamos em algo apetitoso para saborear, pensando nisso resolvi preparar uma receita da vovó, um bolo de banana maravilhoso, muito gostoso que acompanhado com um café fica magnífico.

 

olha a receita:

 

4 ovos

250 gramas de margarina 

2 xícaras de açúcar 

3 1/2 xícaras de trigo

1 colher de chá de fermento

1 colher de chá de bicarbonato 

6 bananas prata ou nanica 

 

e pronto vai ao forno pré aquecido por aproximadamente 45 minutos… é muito bom.

Leave a comment

Só comigo mesma

Só comigo mesma

Caminhando no parque, tiraram esta foto, e só posso ao contemplar tal foto é a conclusão que mesmo rodeada de gente sinto-me só, e não acho ruim e nem estou triste, gosto de ficar só, foi só que venci a maior corrida do mundo, e só estive em meus temores, e sei que será só que um dia irei… Que Deus esteja comigo, ele é a presença dentro de mim, onde mesmo quando me sinto só sei que ele me ouve e responde.

Leave a comment